Fonte: Política Econômica da Maioria – POEMA

Neofeudalismo

Já era estarrecedora a estatística feita pela Oxfam em 2016 de que 62 pessoas detinham tanta riqueza quanto metade da humanidade, isto é, 3,6 bilhões de pessoas¹. Ou seja, até ano passado, não dava nem para lotar um ônibus com a quantidade de pessoas que detinha tanta riqueza quanto a metade mais pobre da humanidade.

Mas, de um ano para o outro, a desigualdade se tornou ainda mais radical. Segundo relatório da Oxfam lançado hoje, 8 pessoas possuem tanta riqueza quanto 50% de toda a população humana da face da Terra! Ou seja, acomodam-se perfeitamente bem em uma limousine os 8 bilionários que detém tanta riqueza quanto metade da humanidade.

A crescente desigualdade de riqueza nos últimos 30 anos, chegando a esses níveis, evidencia o que é propriamente o modelo econômico neoliberal: um modelo de centralização* de capitais, isto é, em que os maiores ficam ainda maiores, porque os menores desaparecem e a classe trabalhadora é esmagada sob o peso brutal de condições de vida e trabalho miseráveis.

Do jeito que a coisa anda, é possível dizer que já vivemos numa espécie de neofeudalismo, no qual o poder econômico e o poder político estão totalmente à disposição de alguns poucos senhores.

Cotidianamente mostramos em nossa página alguns mecanismo de espoliação (muito em voga na política econômica do governo Temer) mediante os quais é possível chegar a esses níveis surreais de desigualdade e também propomos coisas muito razoáveis, como: por fim ao parasitismo rentista começando por uma auditoria da dívida pública e pela redução dos juros ao nível da inflação projetada; cobrar mais impostos dos mais ricos e menos dos mais pobres ou cobrar os débitos tributários dos ricos, dentre outros.

Porém, cada vez mais vai se tornando claro que não adianta apenas reivindicarmos o razoável em um mundo sem qualquer razão de existir. Cada vez mais desponta no horizonte a necessidade implacável de uma revolução política e social que ponha fim à longa noite do capital.

Leia na íntegra o relatório: https://goo.gl/wuuEew

Para quem quer ler a versão resumida do relatório, clique aqui: https://goo.gl/JOu4DM

Referência

1 https://goo.gl/bAK8ba

* Termo utilizado por Karl Marx em O Capital para indicar a tendência ao monopólio inerente à acumulação capitalista.

◥◥◥◥◥◥◥◥◥◥◥◥◥◥◥◥◥◥◥◥◥◥◥

POEMA – POLÍTICA ECONÔMICA DA MAIORIA

Para mais informações: www.poema.info

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s