Via Anistia Internacional e Portal Por Dentro da África
No seu país está acontecendo um conflito armado e o governo reprime fortemente quem participa de manifestações.
Você começa a ser perseguido por suas posições políticas, ameaçado de prisão, até que chega ao ponto de decidir sair do seu país e buscar refúgio no Brasil.
Vendo que os massacres estão cada vez piores, você se junta a outras pessoas refugiadas aqui e organiza uma manifestação pela paz.
Cinco dias depois da manifestação a embaixada do seu país no Brasil emite uma nota dizendo que a manifestação foi uma desonra à nação, num tom altamente intimidatório.
Isso está acontecendo com a comunidade congolesa que vive aqui no Brasil – mesmo longe do Congo, essas pessoas continuam a ter sua liberdade de expressão ameaçada. Leia mais sobre o caso na matéria abaixo.

 

Segundo fontes jornalísticas, na véspera do Natal, o governo do Congo matou dezenas de pessoas durante protestos contra a recusa do presidente congolês, Joseph Kabila, a deixar o posto após o seu segundo e último mandato conforme a Constituição do país.

A internet no Congo segue suspensa para dificultar a organização de protestos e também  impossibilitou os familiares dos refugiados que estão fora do país terem contato durante o Natal.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s